Buscar
  • Assessoria

ENIO TATTO PROPÕE SUSPENSÃO DE COBRANÇA DE PEDÁGIOS ESTADUAIS DURANTE A CALAMIDADE PÚBLICA



O 1º secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), deputado Enio Tatto (PT), protocolou Projeto de Lei que prevê a suspensão de cobrança de pedágio nas rodovias estaduais durante o período de calamidade pública, conforme decreto nº 64.879, de 20 de março de 2020, do governo do Estado.

“O Estado de São Paulo vem adotando importantes medidas para conter a disseminação do coronavírus. Acertadamente declarou estado de calamidade pública e promoveu o isolamento horizontal de pessoas. Às campanhas espontâneas nas redes sociais, com a hashtag #fiqueemcasa, somaram-se iniciativas governamentais no enfretamento do vírus”, observa o deputado.

Para ele, entretanto, a manutenção do funcionamento dos pedágios em todas as rodovias do Estado de São Paulo coloca em risco a vida de dezenas de milhares de usuários de nossas estradas.

“Inobstante tais medidas, o contato entre pessoas através de notas e moedas nas praças de pedágios constitui importante vetor de transmissão do coronavírus”, acrescenta Enio Tatto.

“Pelo exposto se faz necessário e urgente a suspensão de cobrança de tarifas nas praças de pedágio das rodovias paulistas”, conclui.

6 visualizações

© 2020 - Deputado Estadual Enio Tatto