Buscar
  • Assessoria

GOVERNO DORIA AMEAÇA FECHAR QUATRO PRONTOS-SOCORROS DE HOSPITAIS DE REFERÊNCIA




O 1º secretário da Assembleia Legislativa, deputado Enio Tatto (PT), em ofício encaminhado ao secretário de Estado da Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, questiona o governo Doria pela inciativa de fechar quatro prontos-socorros de hospitais gerais que prestam serviços de referência à população paulista.


“As instituições de saúde que estão com seus prontos-socorros ameaçados de fechamento são o Hospital Geral de Pedreira, Hospital Geral do Grajaú, Hospital Geral Santa Marcelina (estes três na Capital) e o Hospital Geral de Itapecerica da Serra (HGIS)”, informa o deputado.



No ofício ele solicita, em nome da sociedade, quatro esclarecimentos:

1) A cerca de tal ação, visto que estamos enfrentando a pandemia da Covid-19;

2) Sobre o encaminhamento que será dado à população que procurar serviços médicos de emergência/urgência;

3) Se existem outros hospitais que passarão pelo mesmo absurdo;

4) E qual o planejamento do governo do Estado em parceria (ou não) com as prefeituras para gerar a crise iminente.

“Não podemos e não aceitamos o fechamento de equipamentos de saúde que prestam serviços relevantes à população em plena pandemia do novo coronavírus”, destaca Enio Tatto.


Para ele, “todo o acesso à saúde é fundamental frente à pandemia”. E acrescenta: “A população teme que, com o fechamento dos prontos-socorros, haja superlotação em outros equipamentos de saúde da região ou que tenha que ir longe para buscar atendimento médico”.


7 visualizações
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • Sem Título-2

© 2021 - Deputado Estadual Enio Tatto