Buscar
  • Assessoria Tatto

REGIÃO DE APIAÍ APRESENTA SUAS DEMANDAS AO ORÇAMENTO DO ESTADO DE 2023




Obras em rodovias e ações de preservação ambiental foram as demandas em destaque apresentadas pela população em audiência pública para o Orçamento Estadual de 2023, realizada pela Assembleia Legislativa de São Paulo nesta segunda-feira (11) no município de Apiaí, no extremo sul do Estado.


Um dos temas em destaque durante a reunião foi a concessão à iniciativa privada do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (Petar), que é um projeto do governo do Estado anunciado em 2019.

Para o professor e jornalista Ananias Gonçalves, mais investimentos deveriam ser destinados à manutenção do meio ambiente. "Nós gostaríamos que o Estado cumprisse com o nosso compromisso de cuidar do meio ambiente, sem precisar terceirizar e fazer nenhuma concessão. Afinal, se o Estado não conseguir cuidar daquilo que é a nossa maior riqueza, que é a produção de água e ar, fica uma situação difícil", disse.


O vereador de Iporanga Everton também falou sobre a concessão do parque. "Para quem conhece a região, sabe que isso vai afetar muito. Eu sei que muitos são favoráveis, mas para os moradores locais que vivem do Petar, será uma tragédia", afirmou.


Já para o prefeito da cidade, Sérgio Vitor Borges, a concessão não tem a ver com a preservação do meio ambiente. "Somos a favor da concessão, pois achamos que a concessão do parque e o ato de cuidar do meio ambiente são duas coisas diferentes”, disse.


O vereador de Apiaí, Ricardo Dias, frisou a relevância das audiências para o Orçamento estadual, realizadas pela Alesp. Ele agradeceu pelo pedido atendido, um aporte para a melhoria de uma vicinal, solicitado durante um encontro do ano passado, em Itapeva.


Outro ponto abordado por Dias foi a continuação da construção da rodovia Pedro Rodrigues Garcia (SP-249), que há anos está paralisada. No mesmo sentido, o vereador de Apiaí Alisson Garcia, falou sobre os possíveis benefícios provenientes da conclusão da obra. "A SP-249 vai minimizar muitos gastos em relação ao combustível, que hoje está exagerado, tanto para o transporte dos estudantes que vão para Itapeva quanto para os caminhoneiros da nossa região que estão sendo penalizados", disse.


Em ambiente virtual, o deputado Carlos Giannazi (PSOL) integrou o debate na audiência sobre a concessão do parque, que na visão dele, é um retrocesso.


Já o deputado Enio Tatto (PT), que também participou da reunião em modo virtual, na qual comentou sobre as demandas apresentadas pela população e sobre a Lei 17.158, de 18 de setembro de 2019, de sua autoria, que Institui a Política Estadual de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista – TEA, mas ainda não regulamentada.


Enio Tatto também tratou da necessidade do Estado remunerar os mediadores e conciliadores, sobre o aumento de repasse do Estado para o Iamspe e sobre o aumento do percentual do orçamento para as áreas sociais e agricultura, que recebem menos de meio por cento.


(Com Portal da ALESP)


#alesp #pt #tatto #audiencia #publica #camara #vereador #apiai #orcamento #estado #iamspe #social #agricultura #ambiente #rodovia #autismo #lei #mediador #conciliador

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo