Buscar
  • Assessoria Tatto

SISTEMA DE MONITORAMENTO INTERNO DA ALESP



Um novo e mais moderno sistema de monitoramento interno da Alesp foi entregue pela Mesa Diretora com 165 câmeras com possibilidade de identificação facial. Espalhados pelos corredores e em pontos de acesso ao Palácio 9 de Julho, os aparelhos são operados pela polícia responsável pela proteção da Casa.


Todas as imagens registradas são confidenciais e protegidas por lei. O acesso ao local de monitoramento, fiscalizado com áudio e vídeo, é restrito apenas aos policiais militares que servem na sala mediante biometria. O sistema de reconhecimento facial é mais um elemento de segurança para quem trabalha ou visita a sede da Alesp.


As medidas adotadas pela Mesa Diretora visam a melhoria da segurança do Legislativo paulista, incluem ainda novo método de cadastramento de visitantes, a instalação de portas e a presença de agentes com detectores de metais, na entrada de funcionários e público externo.


As mudanças não irão impedir ou dificultar o acesso da população, mas sim garantir a proteção das 3 a 5 mil pessoas que passam diariamente pelo Parlamento paulista.

2 visualizações
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Sem Título-2